quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

O Hobbit, de J. R. R. Tolkien

O Hobbit, J. R. R. Tolkien, 296 páginas
Martins Fontes, ♥♥♥♥♥ (fav.)
"Bilbo Bolseiro é um hobbit que leva uma vida confortável e sem ambições, raramente aventurando-se para além de sua despensa ou sua adega. Mas seu contentamento é perturbado quando Gandalf, o mago, e uma companhia de anões batem à sua porta e levam-no para uma expedição. Eles têm um plano para roubar o tesouro guardado por Smaug, o Magnífico, um grande e perigoso dragão. Bilbo reluta muito em participar da aventura, mas acaba surpreendendo até a si mesmo com sua esperteza e sua habilidade como ladrão!"


Não tenho muito o que falar sobre O Hobbit, afinal, Tolkien tem uma reputação conhecida por todos – quem não o conhece merece uma surra, se querem saber minha opinião. 

Depois de ter lido O Senhor dos Anéis (volume único, minha bíblia sagrada, linda e perfeita!) eu simplesmente passei a idolatrar o Tolkien, eu realmente fiquei obcecada pelos seus livros e, para não ter de lê-los toda hora – o que seria muito cansativo, convenhamos – comecei a assistir os filmes sempre que podia. Para você ter uma ideia, sei a maioria das falas dos personagens de cor e salteado e já não consigo assistir os filmes até a metade, acabei enjoando, porém ainda conservo o meu grande amor pela estória. 

"(...) por favor, não me cozinhem, bondosos senhores! Sou um bom cozinheiro, e cozinho melhor do que sou cozinhado, se entendem o que quero dizer. Vou cozinhar muito bem para os senhores, um perfeito desjejum para os senhores, basta que não me sirvam na ceia."

Mas chega de falar de O Senhor dos Anéis, estamos aqui para falar de O Hobbit. Sim, eu o li depois de O Senhor dos Anéis, o motivo foi que eu realmente não sabia da existência desse livro e queria tanto saber a estória de Frodo que acabei ignorando qualquer aviso que havia no volume único (mais precisamente na orelha de trás). Portanto, cá estou eu, atrasada como sempre em relações aos livros que tenho de ler, não que eu seja obrigada, é claro. 

Na verdade, eu queria há tempos ler O Hobbit, porém, só acabei achando um tempo para lê-lo agora, em parte por causa do filme (que eu ainda não pude assistir *sad*), e em parte por que eu o ganhei de presente (se dependesse de mim não iria compra-lo tão cedo e lamento profundamente por isso). Antes que me atirem pedras por causa desse pensamento imbecil, quero esclarecer uma coisa: eu não gostava do Bilbo antes de ler O Hobbit, e tenho um motivo muito bom para isso: o Bilbo que encontrei em O Senhor dos Anéis não passava de um velho babão e chato que apareceu por poucas páginas e não me despertou nenhum interesse em especial (porém agora casaria com ele facinho, facinho). 

Sim, eu sei que sou uma completa retardada, não discuto isso. 

Mas, felizmente, depois que eu vi o trailer do filme e descobri um lado que eu não conhecia no Bilbo, decidi de uma vez por todas ler o bendito livro e posso dizer com todas as letras que NÃO ME ARREPENDO NEM UM POUQUINHO! 

"– Por quê, por que fui deixar minha toca de hobbit? – disse o pobre Sr. Bolseiro, aos solavancos nas costas de Bombur.
– Por quê, por que fui trazer um hobbitzinho ignóbil numa caça ao tesouro? – disse o pobre Bombur."

Sinto-me uma completa idiota e tenho vontade de socar a cabeça contra a parede por não ter lido o livro antes, eu simplesmente me apaixonei desde o primeiro capítulo até o último – e ainda estou apaixonada, sente só. 

Recomendo muito esse livro, e acreditem quando eu digo que ele não tem a escrita cansativa e entediante que O Senhor dos Anéis tem – eu não achei que O Senhor dos Anéis tinha uma escrita cansativa e entediante, mas como quase todo mundo diz isso... –, muito pelo contrário, a escrita é rápida e flui bem, sem falar que, quando você começa, não quer parar. 

Então, caso você for um daqueles idiotas (desculpe, mas eu acho isso) que abandonou O Senhor dos Anéis por causa da escrita do Tolkien, saiba que você pode ler O Hobbit sem problemas e que, se lê-lo, provavelmente irá se apaixonar pela estória e, instantaneamente, irá procurar por mais em O Senhor dos Anéis. Não deixe de ler O Hobbit por causa do que você achou de O Senhor dos Anéis porque, se você fizer isso, irá merecer uma surra de verdade e bem dada, e não estou brincando quando digo isso. 

"– Nunca se ri de dragões vivos, Bilbo, seu tolo – disse consigo mesmo."

Bom, a história se baseia na vida de Bilbo, um hobbit que vive confortavelmente em sua toca, sem se preocupar com nada a não ser sua despensa e adega. Como todos os hobbits, Bilbo tem uma aversão natural a aventuras e, quando Gandalf o convida para participar de uma, sua primeira reação é recusar avidamente. Porém, no dia seguinte a vinda de Gandalf, o hobbit começa a receber em sua toca vários anões, todos pensando que ele, na verdade, é um exímio ladrão. 

Depois de algum tempo, Gandalf chega com mais anões (ao todo treze) e eles o convencem a participar de uma aventura totalmente inesperada. Então todos partem em direção a Montanha Solitária para derrotar Smaug, o dragão que lá vive e recuperar o grande e valioso tesouro dos antepassados de Thorin Escudo de Carvalho, que quer vingança pela destruição de seu povo e, acima de tudo, recuperar o que é seu por direito (like a Daenerys Targaryen). 

A viajem é longa e completamente infestada de perigos, o que faz com os anões, Bilbo e Gandalf se metam em cada enrascada que da até pena. 

"– A época de maio é alegre! – disse Bilbo, enquanto a chuva batia em seu rosto." (ironias Bilbo Bolseiro)

A história é bem simples, mas, como sempre, há um algo mais esperando em cada página. Vale muito a pena ler este livro e, sinceramente, se você o fizer não irá se arrepender, pois é livro é realmente muito bom e, se não fosse, não estaria na minha lista de favoritos (me sentindo a diva do pedaço, porém é verdade).

13 comentários:

  1. Sua resenha está ótima, pretendo ler esse livro logo rs << selo jheyni de qualidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. scrr kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkçlgfklçkhgflç ai morri, jheyni se fode, escrever certinho n combina c vc kkkkkkkkk ai scrr

      "pretendo ler esse livro logo" do verbo "vou pegar o seu e to cagando e andando p vc" q eu sei sua bixa ai senhor te empresto pq so um amor s2 s2 s2 s2 s2 euzinha keridassa

      Excluir
    2. n combina msm, n gostei da experiencia kkkkkkkkkkkkkkk e vc q escreve a resenha td bonitinho e sem erros ai nos comment fode c td scrr kkkkkkkkkkkkkkk "kas" infinitos

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk tnc nd a ver, me dexe

      Excluir
  2. Sou a Aninha do Skoob, adorei a resenha e to mais louca ainda pra ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que tenha uma boa leitura, haha.

      Excluir
  3. Oi, Laura!

    Já ouvi falar do Tolkien e me recordo de tentar pegar O Hobbit para ler na biblioteca, mas já tinham pegado antes, então acabei esquecendo de procurar o livro :(

    Foi bom ter lido a sua resenha, pois agora me lembrei de que preciso comprá-lo :D

    Beijos!

    Natalia Leal
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que consiga o livro em breve e que tenha uma boa leitura, vale muito a pena ler esse livro!

      Excluir
  4. Gostei da resenha sobre o livro, e a mesma só me motivou mais ainda a continuar lendo esse maravilhoso livro. Digo que sou um dos que tinham esse preconceito a cerca do jeito de escrever do Tolkien, mas ler O Hobbit é tão gostoso que você começa a se apegar aquele jeito todo detalhado.
    Realmente é um livro que merece ser lido e estar na estante de todos que curtem um bom livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do livro, realmente ele merece ser lido e, se depender de mim, todos os meus amigos o lerão, vai ser minha meta, haha.

      Excluir
  5. Oláá!!!
    Recebi seu comentário no Skoob para ler sua resenha e devo dizer que adorei!
    Quando comecei a ler O Senhor dos Anéis (minha preciosa Bíblia também hehehehe) achei a escrita do Tolkien um pouco detalhada demais, mas isso não me fez parar de ler, muito pelo contrário eu devorei um livro de mais de oitocentas páginas em quatro dias (época em que eu apenas estudava,época boa...) e não me arrependo de ter passado horas e horas lendo!
    Ainda não tive a oportunidade de ler O Hobbit, ainda não comprei o livro! Mas, está na minha lista de prioridade hehehe
    Sua resenha me deixou mais ansiosa ainda pra ler!! Eu assisti ao filme e adorei! Como você disse o Bilbo era um velho chato em O Senhor dos Anéis, mas me encantei por ele em O Hobbit! A gente esquece que todo velho já foi um jovem algum dia né hehehe
    Adorei mesmo sua resenha, acompanharei seu blog sempre que puder.
    Um beijo e obrigada por ter entrado em contato comigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, haha. Muito obrigada, mesmo!

      Excluir
  6. Olá Laura!
    Eu já havia lido o livro há tempo, mas comprei a edição da capa do filme para relê-lo e é realmente fascinante. Desde a nota da tradução, que mostra como o alfabeto rúnico foi traduzido. Tolkien é um gênio!
    Ainda não assisti nenhum dos filmes. Agora que todos estão lançados, pretendo assistir na ordem :).
    Ouvi falar também d'O Silmarillion, um livro lançado depois da morte de Tolkien, é como a bíblia de O Senhor dos Anéis, explicando o porquê das desavenças entre as raças, suas características, etc. Parece um bom livro.
    O blog é muito bom, continue assim!

    ResponderExcluir